Polícia encontra laboratório com US$ 1,4 bilhão em drogas ilegais

da Folha Online

A polícia búlgara desbaratou um laboratório de drogas ilegais e encontrou produtos químicos suficientes para fabricar o equivalente a US$ 1,4 bilhão em anfetaminas, informaram fontes da polícia nesta terça-feira.

Em uma operação conjunta com as autoridades turcas, as equipes policiais encontraram 280 quilos de um produto químico, suficiente para produzir 56 milhões de pílulas de anfetamina, quando invadiram uma loja no subúrbio de Sófia (capital) na segunda-feira, afirmou o secretário-chefe do Ministério do Interior, Boiko Borisov. Ele disse que cada pílula é vendida nas ruas a US$ 25.

“Esta é a maior quantia de anfetaminas já apreendida na Bulgária”, disse Borisov à Reuters.

A polícia prendeu dois homens na cena do crime e procura por outros dois suspeitos. Borisov disse que a operação foi o ataque final ao círculo das drogas búlgaro, sérvio e turco, após duas incursões no mês passado.

As pílulas seriam distribuídas na Europa ocidental e o Oriente Médio. A Bulgária é o eixo da chamada “rota dos Balcãs”, que funciona há muito tempo como caminho para o contrabando de drogas da Ásia para a Europa ocidental, mas recentemente tornou-se também um grande produtor.