Produção mundial de ópio e coca em números

WASHINGTON (AFP) – A produção mundial de ópio em 2004 alcançou o recorde de 5.361 toneladas, a maior parte procedente do Afeganistão, segundo o relatório anual do departamento americano de Estado sobre o combate às drogas, publicado nesta sexta-feira.

Este nível de produção mostra um forte aumento em relação a 2003 (3.549 toneladas), e superou inclusive o recorde alcançado em 1997, quando foram produzidas 5.056 toneladas de ópio.

O Afeganistão é o maior produtor mundial desta droga, com 4.950 toneladas no ano passado, contra 2.865 em 2003. Em 2001, foram produzidas apenas 74 toneladas de ópio, quando caiu o regime talibã.

Sobre a coca, o informe americano revela somente números da superfície de produção na Bolívia – 24.600 hectares, contra 28.450 em 2003. Neste país, 8.

437 hectares de coca foram destruídos em 2004, contra 10.000 em 2003.

Estima-se que a Colômbia conte com cerca de 5.000 hectares de plantações de coca, que servem para a fabricação anual de 4.000 toneladas de pasta de cocaína, números que se mantêm estáveis há dez anos.

Quanto à maconha, o documento não fornece números mundiais.

Fonte: AFP