Overdose de antidepressivos ligada a aumento do número de suicídios

De acordo com números publicados pelo Office for National Statistics, da Grã-Bretanha, o número de mortes anuais que envolvem overdoses de antidepressivos mais que dobrou em cinco anos, atingindo a 81 casos fatais em 2003 (contra 38 em 1999).

Mais de 3.5 milhões de pessoas na Inglaterra receberam 20 milhões de prescrições para inibidores de recaptação seletiva da serotonina (SSRIs) no ano passado. Mas preocupações sobre a segurança das drogas aumentaram depois de relatórios terem informado que alguns pacientes que só sofriam de depressão moderada cometeram suicídio dentro de dias ou semanas após os medicamentos terem sido prescritos.

Médicos ingleses advertiram que o aumento do número de prescrições dessas drogas, como também uma falta de pesquisas precisas em relação aos seus efeitos colaterais, conduziu a um aumento no número das pessoas que cometem suicídio como resultado de utilizar tratamentos à base de Prozac e Seroxat.

A organização de caridade de saúde mental MIND está pedindo que agora sejam feitas investigações adicionais acerca da associação que o uso de drogas antidepressivas possa ter com este aumento das taxas de mortalidade.

A informação foi divulgada na edição eletrônica da revista médica British Medical Journal.

Fonte: British Medical Journal

Bibliomed