Conselho Municipal de Entorpecentes pretende ampliar atendimento – RN

Criar Conselhos Municipais Antidrogas para ampliar o número de atendimento é uma das metas do Conselho de Entorpecentes do Rio Grande do Norte – Conen, para 2005. A expectativa do Conselho é dobrar o número de entidades parceiras – de 40 para 80 – no trabalho da área de dependência química no Rio Grande do Norte.

Os atendimentos acontecem por meio de palestras, oficinas educativas e preventivas, seminários, cursos, mesas redondas, entre outras atividades. Em 2004, o Conselho atendeu 4.000 pessoas, entre professores, líderes comunitários, religiosos, sindicalistas e adolescentes. “Pretendemos duplicar o número de atendimentos até o final de dezembro”, confirma a presidente do Conen, Renata Cunha.

Ainda deve acontecer a construção de um sítio na Internet, em parceria com o Centro Integrado de Apoio Social ao Policia – Ciasp, para atendimentos de policiais civis e militares, realização de um levantamento epidemiológico do consumo de drogas no Estado, capacitação para educadores da rede pública estadual e municipal de Natal, informou Renata.

Autor: Assessoria de Comunicação – RN