Acusado de tráfico internacional deve se apresentar

O catarinense Fábio Bayer Jorge Mendes, 31 anos, apontado como um dos líderes de uma quadrilha de tráfico internacional com sede em Florianópolis, deve se apresentar até segunda-feira, dia 14, à superintendência da Polícia Federal na Capital.

De acordo com os policiais que atuam na chamada Operação Playboy, o rapaz, conhecido como Break, seria um dos coordenadores da “firma” que exportava cocaína e importava ecstasy, LSD e skunk.

De acordo com o delegado Fernando Caieron, responsável pela delegacia de repressão a entorpecentes da PF, o advogado Gastão da Rosa manteve contato com os policiais e prometeu apresentar o catarinense até segunda-feira.

Break está com mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça Federal.

A Operação Playboy identificou 12 pessoas envolvidas no tráfico internacional de drogas sintéticas. Destas, apenas duas pessoas ainda não foram localizadas. Fábio, que está demonstrando o interesse de se apresentar, e Michelle Tocci, filho de um diplomata italiano, são os únicos procurados.

O advogado Gastão da Rosa disse que quando Fábio tomou ciência das acusações decidiu se apresentar para esclarecer as suspeitas. O advogado não confirmou o dia da apresentação e disse que depende da melhora do estado de saúde do catarinense. Ele estaria com uma inflamação no dente.
Fonte: Diário Catarinense.