Rice chega ao Afeganistão para discutir democracia e drogas

Por Saul Hudson

CABUL (Reuters) – A explosão de uma bomba no sul do Afeganistão matou pelo menos cinco pessoas na quinta-feira, dia em que a secretária de Estado norte-americana Condoleezza Rice viajou para parabenizar o país por seus passos rumo à democracia.

A explosão de quinta-feira em Kandahar, ex-baluarte do Taliban, 460 km ao sul de Cabul, foi o pior ataque a bomba no país desde agosto.

Mais de 30 pessoas ficaram feridas e uma autoridade de segurança acusou os combatentes leais ao deposto governo de Taliban pelo ataque.

A explosão destacou a frágil situação da segurança no país e a ameaça que a democracia enfrenta dos militantes do Taliban. Rice vai discutir essa ameaça e o comércio de drogas.

Rice, em sua primeira visita ao Afeganistão, se encontrou com o ministro das Relações Exteriores Abdullah Abdullah logo depois de chegar à capital afegã, Cabul, vindo do Paquistão.

Ela depois se reuniu com o presidente Hamid Karzai, que foi escolhido por Washington para chefiar um governo de transição depois que as forças lideradas pelos EUA derrubaram o Taliban por abrigar Osama bin Laden.

Fonte: Yahoo