Mais de 70 casos de doping na Alemanha em 2004

Setenta e dois casos de doping ocorreram na Alemanha em 2004 contra 50 de 2003, a maioria por uso de substâncias anabolizantes, informou no útimo dia 22, a agência antidoping alemã Nada.

Segundo o Diretor da Nada, Roland Augustin, estes 72 casos correspondem a 0,8% dos 8.885 exames realizados, sendo 28 com anabolizantes, oito com diuréticos e outros oito com produtos derivados da Cannabis sativa (maconha). A origem do restante não foi revelada.

Um dos casos mais explorados pela imprensa foi o da tri atleta Nina Kraft, a primeira alemã a ganhar o Ironman de Hawai, que tinha consumido eritropoietina – EPO no outono de 2004. Do total dos exames realizados, 4.468 foram feitos durante os mais diversos torneios.

Fonte: Agência AFP