Pesquisa sobre nova droga é divulgada hoje – AC

A Rede Acreana de Redução de Danos – Reard, juntamente com representantes do Ministério da Saúde e da Unesco, divulgarão hoje, a partir das 9h, no auditório da Assembléia Legislativa – Aleac, o resultado de uma pesquisa onde aparece uma nova droga que está sendo consumida na fronteira do Acre com a Bolívia e o Peru.

A pesquisa foi feita com a metodologia Rare – Rapid Assessment, Response and Evolution. Com a divulgação do trabalho, a Reard espera envolver o governo do Estado, através da Secretaria de Saúde e Segurança para realizar o combate à droga, que na região é chamada pelos usuários de “oxi”.

Embora não possa falar sobre o resultado da pesquisa, o Presidente da Reard, Álvaro Augusto de Andrade Mendes explicou que o “oxi” é consumido apenas na região de fronteira e os primeiros estudos chegaram à conclusão de tratar-se de uma das drogas mais poderosas e perigosas já encontradas.

Os efeitos no organismo ainda são desconhecidos, mas informa que a droga é similar ao “crack”, muito consumido no Sul do país, sobretudo em São Paulo. Trata-se, segundo ele, de uma droga barata, que custa de dois a três reais. “Não encontramos o “oxi” em outras regiões de fronteira, como Mato Grosso e Rondônia, apenas aqui no Acre”, disse.

“Com a divulgação do resultado da pesquisa vamos assinar um protocolo com o governo do Estado para combater o uso desta droga naquela região”, fez questão de ressaltar Álvaro Augusto.

Fonte: A Gazeta