Agricultor morto em disputa por drogas

TIANA BRAZÃO

Uma facada no pescoço matou o agricultor Clodomiro Sampaio dos Santos, 24, no bairro 13 de setembro. O crime ocorreu na avenida General Sampaio às 19h de ontem, presenciado por moradores.

O Resgate do Corpo de Bombeiros ainda foi acionado para atender o esfaqueamento, mas quando chegou no local Clodomiro já estava morto, caído na calçada.

Por ser conhecido no bairro, um grande número de moradores lotou a rua, que foi interditada pela Polícia Militar. Policiais da Força Tática foram acionados para iniciar as buscas nas redondezas, uma vez que a vítima e o infrator residem no mesmo bairro.

O crime chocou a população, que ficou estarrecida com a brutalidade com que Clodomiro foi morto pelo suposto amigo. Segundo os moradores, vítima e infrator se conheciam e foram vistos logo cedo em uma das ruas do bairro.

De acordo com uma testemunha, Clodomiro estava na companhia de um rapaz conhecido por Robson, o “Cachorrão”. Os dois começaram a discutir no meio da rua e se dirigiram para a casa de uma moradora. A moradora estava conversando com uma vizinha, o que não intimidou os dois amigos.

“Eles estavam brigando por droga” contou a moradora. “Eu pensei que ele [Cachorrão] vinha para cima da gente”, complementou. A moradora estava muito nervosa e chorava muito, pois assistiu toda a cena do crime.

Cachorrão, utilizando um pequeno terçado, desferiu um único golpe na garganta de Clodomiro. A vítima ainda saiu andando pela calçada e caiu poucos metros depois onde faleceu.

A mãe do agricultor chegou ao local do crime logo em seguida e lamentou a morte do filho. Segundo ela, Cachorrão era amigo da vítima. “Não esperava que ele morresse assim”, lamentou.

Duas viaturas da Força Tática fizeram uma varredura pelas residências onde se suspeitava que Cachorrão estivesse escondido, mas não o localizaram. As buscas continuaram durante toda a noite na tentativa de prender o infrator.
Fonte:Folha OnLine