Secretaria de Estado de Saúde lança projeto de capacitação

Secretaria de Estado de Saúde lança projeto de capacitação para trabalhar com pais de adolescentes dependentes químicos – DF

A Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal – SES/DF lançou nesta quarta-feira , 18/05, na sede do Adolescentro, que funciona no Centro de Saúde 06, o projeto “capacitação de profissionais como facilitadores de grupos de pais de adolescentes vivendo uma situação especial de uso indevido de drogas”. O projeto será executado pela SES/DF, durante dez meses, em parceria com a ONG japonesa, Centro de Prevenção ao Uso de Drogas – DAPC e com apoio das Nações Unidas Contra Drogas e Crime – UNODC.

O Escritório das Nações Unidas Contra Drogas e Crime e a ONG japonesa anunciaram a doação de recursos financeiros, no valor de US$ 8.700,00 (cerca de R$ 21 mil) para o Adolescentro. O dinheiro será utilizado para capacitar profissionais da rede pública de saúde, entre eles, médicos, enfermeiras, psicólogos e assistentes sociais, para atuar em suas regionais. Capacitados, eles vão formar grupos multifamília, para trabalhar com os pais de filhos adolescentes em situação especial de uso indevido de drogas.

De acordo com o Diretor do Adolescentro, o Pediatra e Hebiatra (especialista em adolescentes) Valdi Craveiro, os pais vão aprender a criar um canal de comunicação de amorosidade com seus filhos e assim resgatar a relação de autoridade. Segundo Valdi, as mudanças de comportamento entre pais e filhos envolverão toda a família na promoção da recuperação do adolescente, trazendo-o de volta ao seio familiar.

O projeto permite, também, a criação de uma oficina digital para os adolescentes e para isso serão adquiridos cinco computadores. O objetivo da oficina é transformá-los em sujeito de sua história de vida e da sua saúde. Nesta relação fica explícita a inversão da situação. Por exemplo, ao invés da finalidade ser o aprendizado de um programa como o Word, o adolescente vai precisar contar/escrever sua história e, por isso, precisará aprender o programa que lhe permitirá atingir essa meta, diz Valdi Craveiro.

O Secretário-Adjunto de Saúde, Mário Sérgio Nunes, representando o secretário de Saúde do DF, José Geraldo Maciel, ressaltou “a importância do projeto e do excelente trabalho desenvolvido pelo Adolescentro”. Também estiveram presentes no evento, representantes da Embaixada do Japão, o conselheiro Kawagushi da ONG japonesa Centro de Prevenção ao Uso de Drogas – DAPC e o representante regional do UNODC para o Brasil, Giovanni Quaglia.
Autor: Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal
Fonte: OBID