500 mil pés de maconha destruídos

Folhapress

RECIFE – A Polícia Federal destruiu 517.507 pés de maconha em quatro dias de operações no sertão de Pernambuco. A maior parte das lavouras, que produziriam cerca de 200 toneladas da droga, foi localizada em ilhas no rio São Francisco, na divisa com a Bahia.
Nesses locais, os policiais encontraram também 326 mil mudas, além de 280 kg da planta já colhidos, prontos para o consumo. Quatro pessoas foram presas, entre elas um índio, flagrado com 33 mil pés da droga e 10 mil mudas na área onde morava.

Segundo o delegado-chefe da Delegacia de Repressão ao Entorpecente da PF de Pernambuco, Antonio de Pádua Cavalcanti, as lavouras já estavam em fase de colheita. As plantas estavam escondidas em meio a culturas de milho e mandioca.

A operação, que atinge os municípios de Orocó, Santa Maria da Boa Vista, Parnamirim e Cabrobó, prossegue até domingo. A expectativa é de que os números pelo menos se aproximem do recorde registrado em 1998, quando cerca de 1 milhão de pés foram destruídos em uma única ação na região, que é conhecida como “polígono da maconha”.

Grandes operações foram realizadas desde então a cada quatro meses, para coincidir com o ciclo produtivo da droga. Mas as ações foram interrompidas, provocando o retorno dos plantios.
Fonte:JB Online