Venda de drogas ilícitas movimentou US$ 321,6 bi em 2003, aponta relatório da ONU

(ABr)
A venda de drogas ilícitas a usuários movimentou US$ 321,6 bilhões no mundo, em 2003. A maior parte desse mercado concentra-se nos Estados Unidos, México e Canadá (44%) e na Europa (33%), segundo o Relatório Mundial sobre Drogas 2005 da ONU (Organização das Nações Unidas).

O documento informa que a maconha foi a droga que mais movimentou dinheiro: cerca de US$ 113 bilhões, enquanto para a cocaína foram US$ 71 bilhões; para derivados do ópio, US$ 65 bilhões; para drogas sintéticas (anfetaminas e ecstasy), US$ 44 bilhões; e para o haxixe, US$ 29 bilhões.

O relatório também traz uma avaliação, feita por meio de um Índice Global de Drogas Ilícitas, que analisou tópicos como a produção, o tráfico, a demanda por tratamento e as mortes por uso de drogas. Os mais altos índices são do Oriente Médio e do Sudoeste Asiático, consideradas as áreas mais vulneráveis: 52,67, bem superior à média mundial de 11,36. Na América do Sul, o índice é de 28,26, o segundo entre as áreas com problemas.
Fonte: Estado de Minas