Jornal diz que Bin Laden ia vender cocaína envenenada

Osama bin Laden tentou comprar grande quantidade de cocaína para vendê-la nos EUA misturada com veneno, esperando matar milhares de americanos, um ano antes dos ataque de 11 de setembro de 2001, informou ontem o jornal New York Post. O plano fracassou quando os chefes dos cartéis de drogas colombianos que Bin Laden contactou decidiram que isto seria ruim para seus negócios e possivelmente para sua própria segurança, disseram fontes ligadas ao departamento antidrogas dos EUA (DEA).

Os agentes da DEA foram informados sobre o plano no começo deste ano, mas sua existência nunca foi revelada ao público. O New York Post teve acesso a documentos sobre as investigações da DEA, além de ter entrevistado várias fontes ligadas ao caso. Algumas fontes disseram aos agentes antidrogas que Bin Laden se reuniu pessoalmente com líderes de um cartel de drogas colombiano em 2002 para negociar a compra de toneladas de cocaína. Não ficou claro onde o encontro foi realizado.

Bin Laden esperava espalhar o terror nos Estados Unidos com o grande número de mortes provocadas pela cocaína envenenada. “Eles queriam matar milhares de pessoas – mais do que no World Trade Center”, disse uma fonte. Apesar da perspectiva de os barões da droga ganharem milhões de dólares, eles sabiam que se o plano terrorista fosse bem-sucedido destruiria por anos seu mercado de drogas nos EUA. E também temiam uma retaliação do governo americano.
Fonte: Último Segundo