África entra na rota do tráfico sul-americano

O oeste africano entrou na rota dos cartéis de drogas da América do Sul, disse a ONU à BBC.

A maior parte das drogas que passam pelo oeste africano tem a Europa como destino

Segundo Antonio Mazzitelli, chefe do Escritório da ONU para Drogas e Crimes no Oeste e Centro da África, cerca de 40 toneladas de cocaína – supostamente originárias da América Latina – foram apreendidas recentemente em navios vindos da região.

Os cartéis usam o oeste africano como uma “escala” na rota dos navios que saem da América do Sul com carregamentos destinados à Europa e aos Estados Unidos.

Segundo Mazzitelli, logisticamente a região é muito atraente como um “ponto de transição” para os principais cartéis.

“Os traficantes perceberam que se mandarem a droga em navios da América Latina (…) diretamente para a Europa, os riscos de apreensão são maiores.”

“Eles então preferem desembarcar o carregamento em algum lugar no meio do caminho e enviar a droga por outros navios, que estariam partindo de pontos não suspeitos, como portos do oeste africano”, disse o chefe da UNODC.

Segundo Mazzitelli, o principal destino das drogas é a Europa, mas parte da carga está sendo transformada em crack para o consumo local.

“A gente vem notando esta tendência há cerca de dois anos”, disse ele ao programa World Today, do Serviço Mundial da BBC.
Fonte:BBC Brasil