Município implanta programa de cessação do tabagismo – RJ

No intuito de ajudar o cidadão no combate a dependência do cigarro, a Prefeitura de São João de Meriti inaugurou, em duas unidades do Programa Saúde da Família – PSF, o Programa de Controle do Tabagismo e outros fatores de risco de câncer. A idéia, inspirada nos Alcoólicos Anônimos – AA, é fazer com que o fumante não acenda o primeiro cigarro e inale a fumaça, que contém 4.720 substâncias tóxicas.

Para isso, a Secretaria de Saúde montou grupos de ajuda com enfermeiros e médicos para atender a população, com profissionais qualificados. Em outubro, mais seis unidades terão o programa. De acordo com dados do Ministério da Saúde, o fumo é responsável por 90% das mortes de câncer de pulmão. Os números estão diretamente relacionados às substâncias existentes nos cigarros: formol, naftalina, amônia, acetona, pólvora e cádmio (presente em pilhas).

Com o propósito de conscientizar a população e iniciar um processo de reversão do quadro, o Secretário de Saúde, João Ferreira Neto, representando o Prefeito Uzias Mocotó, inaugurou o programa na Unidade da Família Jorge Tanus Rejane, em Jardim Metrópoles. Duzentas e sessenta pessoas já estão inscritas para o tratamento da doença.

Em princípio, os atendimentos acontecerão aos sábados. E em quatro encontros, os médicos e os enfermeiros assistirão as pessoas cadastradas no PSF, que desejam largar o vício do cigarro. Em cada sessão, com duração de uma hora, os dependentes serão orientados a não acender o primeiro cigarro, não associar o fumo com a comida ou bebida, como o café. Haverá também troca de experiências e orientação com relação à alimentação. Por ser uma droga lícita, o cigarro avançou muito ao longo dos anos.

Tratamento superou o ganho

Mas com a nova visão de redução do hábito de fumar, houve uma mudança de linha. “O Governo ganhava muito dinheiro com os impostos, por isso era interessante divulgar o cigarro. Só que os gastos com o tratamento foram superiores ao ganho. Hoje, vivemos outra realidade, que é a prevenção”, destacou João Ferreira Neto. Em seguida, o Secretário de Saúde, a Coordenadora do Programa Saúde da Família, Márcia Fernandes Lucas, a Representante do Governo do Estado, Marli Pereira, e o Coordenador do Programa de Saúde de São João, Antônio Maia, inauguraram o programa no Posto Tucão, em Vilar dos Teles, a segunda unidade do gênero.
Autor: Hora H – Rio de Janeiro
Fonte: OBID