Seminário discute problemas com a dependência química

A Sociedade Beneficente Hospital Candelária – SBHC realiza hoje, 10/11, um seminário para debater sobre diferentes drogas, como álcool, maconha e cocaína. A instituição possui uma Unidade de Recuperação em Dependência Química – URDQ, que funciona junto à entidade desde o final de 2003 e hoje é referência na região do Vale do Rio Pardo. O encontro começa às 8 horas, no Clube Rio Branco, e a inscrição custa R$ 10,00.

A Administradora do hospital, Ladi Loewe de Oliveira, explica que a primeira edição do evento foi realizada no ano passado. A idéia surgiu da necessidade de discutir um tema atual e pertinente. “Esse é um assunto de muita relevância. É importante termos conhecimento sobre ele, até para ajudar as pessoas que precisam. Além disso, a intenção é mostrar aos presentes a importância da prevenção”, afirma.

Durante sete horas, os participantes terão contato com Palestrantes do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo, que irão falar a respeito do tráfico de drogas, ações comunitárias em prevenção e tratamentos. “O seminário é uma forma de chamar a atenção das pessoas sobre a necessidade de formação continuada e sobre a responsabilidade coletiva da sociedade, quando se trata do tema”, explica o Palestrante Jorge Luiz Barbosa, pós-graduado em Álcool e Outras Drogas e Professor da Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC. Também será apresentado o trabalho desenvolvido na URDQ, que atende pessoas da região do Vale do Jacuí, Rio Pardo e Taquari.

As inscrições podem ser feitas ainda hoje, no Clube Rio Branco, local do evento, a partir das 8 horas. O seminário é destinado a Profissionais de saúde, dependentes, ex-dependentes, familiares e público em geral que tenha interesse no tema.
Fonte: Gazeta do Sul