Fabricante do Viagra vai lançar droga para reduzir o uso do cigarro

Estudo divulgado no encontro anual da Sociedade para a Pesquisa de Nicotina e Tabaco mostrou que pessoas que usaram substância tiveram redução de sintomas associados à abstinência.

Os fumantes que querem largar o cigarro estão prestes a ganhar mais um aliado: está em fase final de testes a substância vareniclina, que promete bloquear no cérebro a ação da nicotina. O remédio, produzido pelo laboratório Pfizer deve chegar às farmácias americanas em 2007.

Um estudo divulgado no encontro anual da Sociedade para a Pesquisa de Nicotina e Tabaco mostrou que, além de apresentarem um menor desejo de fumar, as pessoas que usaram a substância tiveram uma redução dos sintomas associados à abstinência do cigarro, como depressão, irritabilidade, frustração e ansiedade.

Responsável médica pela Clínica do Fumante da Santa Casa de Misericórdia, a Psiquiatra Analice Gigliotti vê com bons olhos a chegada da vareniclina ao mercado. “Vamos ter mais um recurso para tratar os fumantes, especialmente os que estão sem esperanças por já terem experimentado de tudo para largar o hábito” opina a Especialista, explicando como a substância age no organismo: “A nicotina se liga aos receptores no cérebro como uma chave a uma fechadura. A vareniclina ocupa justamente o lugar da nicotina na “fechadura”, fazendo com que se tenha menos vontade de fumar”.

O Pneumologista Ricardo Meirelles, do Programa Nacional de Controle do Tabagismo do Instituto Nacional de Câncer, considera promissora a nova substância. A droga não deve ser usada, entretanto, como única ação de redução da dependência:

“Esse tipo de remédio age durante o período do tratamento, fazendo com que a pessoa não sinta tanta vontade de fumar num primeiro momento. A abordagem cognitiva, feita por um profissional de saúde, a ensina a viver sem cigarro, o que é mais importante”.
Fonte: O Globo