Bafômetro do cigarro mede contaminação de fumantes nesta quarta-feira

A Secretaria de Estado da Saúde preparou uma programação especial para esta quarta-feira, 31 de maio, Dia Mundial Sem Tabaco. No parque da Luz e no Hospital do Servidor Público Estadual (HSPE) a população terá à disposição testes para medir a quantidade de monóxido de carbono no corpo de fumantes, que indica a contaminação nos pulmões. O objetivo é auxiliar os fumantes a largar o vício.

No parque da Luz o evento será aberto a qualquer fumante, das 10h às 16h. No HSPE poderão participar, das 8h às 13h, apenas servidores estaduais e seus agregados. Nos dois locais haverá profissionais para orientar a população e distribuir panfletos.

Os interessados ainda poderão responder um curto questionário, que avalia o grau de dependência de cigarro. O Teste de Fagerstrom, de padrão internacional, consiste em cinco perguntas simples, como: quantas vezes a pessoa fuma por dia, quanto tempo depois de acordar ela acende o primeiro cigarro e se há dificuldade para não fumar em locais proibidos, como cinema e ônibus.

“Queremos aproveitar o Dia Mundial sem Tabaco para promover um grito de alerta contra os prejuízos que o cigarro traz à saúde. Ter consciência da dependência em relação ao tabaco e dos riscos pode ser o primeiro passo para largar o cigarro”, afirma a diretora do Centro de Referência em álcool, Tabaco e Outras Drogas (Cratod), Luizemir Lago.

Criado em junho de 2002, o Cratod foi implantado na zona central da capital, mais conhecida como Cracolândia, por causa do alto índice de consumo de crack. O atendimento na instituição é multidisciplinar, acompanhando desde a desintoxicação até o resgate da auto-estima. Em 2004 o Cratod foi considerado pelo Instituto Nacional de Câncer (Inca) a entidade que melhor combateu o tabagismo na cidade de São Paulo.

O Parque da Luz, onde será realizado o evento nesta quarta-feira, fica na praça da Luz, s/n, no Bom Retiro. O HSPE fica na avenida Pedro de Toledo, 1.800 – Vila Clementino.
Fonte:Da Secretaria da Saúde