Fifa pede que técnico do México pare de fumar durante jogos

A cena do Técnico Ricardo Lavolpe fumando no banco de reservas durante a vitória da seleção mexicana sobre o Irã incomodou a Federação Internacional de Futebol – Fifa.

Segundo Markus Siegler, Assessor da entidade, o treinador receberá um pedido formal para que deixe o cigarro de lado, ao menos durante as partidas.

Embora não exista uma proibição oficial, a federação havia pedido informalmente que os treinadores evitassem fumar diante das câmeras. A assessoria da Fifa informou também que utilizará a fita do jogo como prova.

Lavolpe não é o primeiro tabagista a dirigir uma seleção em Copas do Mundo e expor sua dependência diante das câmeras. O mais famoso deles foi Cesar Luis Menotti, que dirigiu a Argentina em seu primeiro título, em 1978. Curiosamente, Lavolpe estava no banco ao lado do treinador – era o goleiro reserva daquela seleção.

O brasileiro Telê Santana, ex-fumante, se notabilizou por “mascar” palitos de fósforo no banco, hábito que adquiriu quando deixou de fumar.
Fonte:Folha Online