Consumo de maconha diminui entre jovens

Apesar do consumo mundial de maconha ter crescido, crianças e jovens brasileiros, entre 10 e 18 anos, estão usando menos a droga, pela primeira vez em 15 anos, segundo o relatório do Escritório das Nações Unidas contra Drogas e Crime (UNODC). O Brasil também foi citado por estabilizar o consumo de cocaína, e por ser o maior mercado de derivados do ópio da América do Sul.

Segundo a UNODC, em 1989, só 3,4% de brasileiros entre 10 e 18 anos consumiam maconha. Em 1997, o número atingiu 7,6%, e em 2004, caiu para 6,4%. Os dados se referem a estudantes. A droga ainda é a mais consumida no mundo por pessoas entre 15 e 64 anos.

A ONU revelou que, depois de período de crescimento, o consumo de cocaína se estabilizou no Brasil. Uma explicação é que, em 2004, foram apreendidas 8 toneladas de cocaína e, ano passado, quase 16. O Brasil é o maior mercado de opiáceos – grupo que inclui anfetaminas – da América do Sul, com 700 mil pessoas.

Também ontem, a ONU informou que metade das vítimas mortas por armas de fogo no mundo têm entre 15 e 29 anos. No Brasil, prejuízo é de US$ 10 bilhões. Os dados foram divulgados no Dia Internacional Contra o Uso e o Tráfico de Drogas.
Fonte:O Dia