Beber café descafeinado não significa eliminar a cafeína

Beber café descafeinado não significa eliminar a cafeína de sua bebida. Isto é o que mostra um novo estudo, que indica que o café descafeinado contém pelo menos uma pequena dose de cafeína.

A cafeína tem no café a sua maior fonte. Mas não se sabe exatamente qual dose poderia ser considerada como excessiva; e até mesmo pequenas doses podem ser danosas para determinados indivíduos, tais como portadores de hipertensão arterial e arritmias cardíacas.

Um novo estudo, da Universidade da Flórida, procurou analisar quanta cafeína estaria presente em diferentes marcas de café descafeinado. Para isso, os pesquisadores compraram 10 xícaras de café descafeinado, em diferentes cafeterias, e verificaram que nove delas continham cafeína, na quantidade correspondente a 1/10 da cafeína que seria encontrada no café normal.

Segundo os investigadores, as pessoas que, por razões médicas, devem evitar ingerir cafeína, deveriam estar informadas sobre esta ocorrência, e, se assim indicado por seus médicos, suspender o consumo de qualquer tipo de café.

A pesquisa foi publicada no Journal of Analytical Toxicology (Jornal de Toxicologia Analítica).
Autor: Bibliomed
Fonte: OBID