Bebida alcoólica eleva o risco de aneurisma

Os aneurismas são dilatações na parede dos vasos sanguíneos, secundários ao enfraquecimento de suas paredes. A presença de aneurisma está associada com maior risco de complicações graves, sobretudo de ruptura da parede do vaso, com perda descontrolada de sangue e morte. Quando os aneurismas afetam a maior artéria do corpo humano, a aorta, revestem-se de maior gravidade, uma vez que sua ruptura é quase que invariavelmente fatal.

Pesquisadores canadenses e norte americanos escreveram um estudo na revista American Journal of Epidemiology – Revista Americana de Epidemologia, em 2007, a fim de identificar os principais fatores de risco modificáveis, associados ao surgimento de aneurisma da aorta. Foram acompanhados 39.352 indivíduos, durante 17 anos, para a realização da pesquisa.

Os resultados apresentados demonstraram que o consumo regular de bebidas alcoólicas associou-se com maior risco de surgimento de aneurisma aórtico. Dentre os participantes que revelaram ingerir pelo menos 30 gramas de álcool por dia – cerca de dois drinques, notou-se um risco 1,21 vezes maior de desenvolvimento de aneurisma da aorta, em comparação com os que não consumiam bebidas alcoólicas.

Os autores concluem o estudo, afirmando que o consumo excessivo de bebidas alcoólicas é um importante fator de risco para o surgimento de aneurisma da aorta. Tal prática deve ser desaconselhada, bem como uma investigação cuidadosa deve ser dispensada aos indivíduos que revelem hábito etílico.
Fonte: OBID