Semana Antidrogas é encerrada com balanço positivo em Foz do Iguaçu – PR

A terceira edição da Semana Municipal de Prevenção ao Uso Indevido de Drogas de Foz do Iguaçu, no Paraná, terminou dia 15/04, na Vila C, com a participação dos alunos dos Colégios Flávio Warkem e Paulo Freire e da presença maciça da população do bairro.

A semana teve inicio no dia 9/04 e por cinco dias percorreu as grandes regiões da cidade com palestras, atividades recreativas e esportivas; show musical, além de audiências publica que colocaram em discussão o papel de toda a sociedade organizada na transmissão de valores na prevenção do uso de drogas e suas conseqüências.

A presença da Coordenadora Estadual Antidrogas, Sonia Alice Maia Felde e do Secretário Executivo do Conselho Estadual Antidrogas, Jonatas Davis de Paula permitiu o aprimoramento da pauta proposta, levando ao público presente informações substanciais sobre o tema.

Os organizadores do evento consideraram o resultado da 3º Semana de Prevenção ao Uso Indevido de Drogas muito positivo. Os participantes tiveram acesso a dados sobre a violência na fronteira, ao mapeamento da drogadição no município e a oportunidade de apresentar propostas para amenizar o problema.

Para o Médico e Secretário Municipal Antidrogas, José Elias Aiex Neto, o principal objetivo da III Semana Municipal Antidrogas, que era o de mobilizar a sociedade, foi atingido. “Apesar de em algumas atividades não ter havido o comparecimento esperado de pessoas, quando o evento procurou o povo a receptividade foi excelente, como no caso da panfletagem no Terminal de Transporte Urbano, na reunião com os pais, professores e alunos do Colégio Estadual Pioneiros e na reunião com detentos, seus familiares e funcionários da Penitenciária Estadual de Foz do Iguaçu”, disse.

Segundo Aiex, existe uma grande ansiedade por parte da sociedade, em ter respostas para os graves problemas com os quais convive. “Levamos uma mensagem de esperança e também de chamamento para que todos participem dessa luta, que só vai ser vitoriosa com o envolvimento de toda a comunidade”, finalizou o Secretário Municipal Antidrogas.

Atividades recreativas

As atividades recreativas aconteceram em cinco bairros diferentes com a presença e organizadora, foi possível interagir com o público presente e atingir a meta proposta. “Entre uma apresentação de arte marcial, ou sob a animação do “Trem da Alegria” da Secretaria de Esporte, foi passada a mensagem que é mais divertido sem drogas”, disse o Secretário da Antidrogas.

O último dia do evento foi prestigiado por cerca de quinhentos estudantes dos Colégios Flávio Warkem e Paulo Freire na Vila C. Entre as apresentações das bandas Raizen, Razamana`s e da gospel Shema de Israel, os jovens tiveram acesso a palestras sobre drogas e violência, além de interagir com a equipe da Secretaria Antidrogas que distribuía material informativo e esclarecia dúvidas dos presentes.

Audiências

Paralela as atividades itinerantes nos bairros da cidade, as audiências públicas realizadas na Câmara de Vereadores, de 9 a 12/04 e no Fórum de Justiça Estadual dia 13/04, apesar da baixa representatividade constatada com determinados segmentos, os organizadores afirmam que foi possível avançar na divulgação do objetivo principal que o poder público busca, no sentido de construir uma nova consciência sociocultural com relação ao uso de drogas.

O Secretário Aiex ressaltou a dificuldade de se resgatar um dependente químico, daí a importância de se trabalhar com prevenção. Ele informou que as propostas formuladas durante todo o evento serão lavradas a termo e apresentadas aos órgãos competentes para que se constituam políticas públicas eficientes de prevenção.
Fonte: Jornal do Estado -PR