Fiscalização de bebidas em Taubaté – SP

“Estima-se que 80% dos que morrem em acidentes de trânsito e homicídios são jovens”. Afirma o Presidente da Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras drogas – Abead, Sérgio de Paula Ramos, que ilustra um cenário cada vez mais presente na sociedade brasileira.

Preocupada com a situação, a Vereadora Maria Teresa Paolicchi, sugeriu a fiscalização mais rigorosa da venda das bebidas na cidade de Taubaté – SP. Ela apresentou o requerimento nº. 546, aprovado por unanimidade, tendo em vista denúncias de moradores da cidade. A Vereadora citou o parque instalado na Praça 8 de Março e outros eventos realizados na Avenida Prof. Walter Thaumaturgo, a “Avenida do Povo”, onde teria ocorrido venda de bebidas para menores, conforme relato do denunciante.

O morador relatou à Vereadora que a desobediência à Lei não ocorre somente no parque, mas em outros eventos que acontecem na avenida. Maria Teresa solicitou o cumprimento da Lei nº 8069, do Estatuto da Criança e Adolescente, que proíbe a venda de bebidas alcoólicas para menores.

A maioria dos casos de homicídio e acidentes de trânsito é causada por pessoas embriagadas e que começam a beber no início da adolescência. Levantamento feito pela Secretaria Nacional Antidrogas – Senad, baseado em 48 mil jovens entrevistados, revelou que de 10 a 12 anos, 41% já tinham experimentado bebida alcoólica.
Autor: Diário de Taubaté
Fonte: OBID