Operação Metalose: Falsificação de próteses humanas utilizando materiais sucateados. (Com Vídeo)

OPERAÇÃO METALOSE DESARTICULA ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA QUE FALSIFICAVA PRÓTESES HUMANAS

SÃO PAULO/SP – A Polícia Federal desencadeia hoje, 03, em 04 estados da federação a OPERAÇÃO METALOSE, com o objetivo de desarticular organização criminosa que falsificava próteses humanas utilizando materiais sucateados.
Mais de cento e cinqüenta policiais federais e servidores da ANVISA participam da operação que cumpre 26 mandados de busca e apreensão em São Paulo, Paraná, Pernambuco e Maranhão.
A organização, que agia há pelo menos 4 anos, produzia e comercializava próteses humanas para substituição de ossos e dentes, a partir de material falsificado e fora da especificação. Segundo as investigações, que iniciaram em novembro de 2006, a ação criminosa gerava um lucro de até cem vezes o custo do produto falsificado.
Os envolvidos responderão pelo crime previsto no artigo 273 do Código Penal, que corresponde às condutas de falsificar, corromper e adulterar produtos de uso médico-hospitalar, cuja pena varia de 10 a 15 anos de reclusão.
A ANVISA estará à disposição da população para esclarecimentos sobre as próteses por meio do DISQUE-SAÚDE 0800.611997 e pelo e-mail ouvidoria@anvisa.gov.br.
Está marcada uma coletiva de imprensa para as 15:45 na superintendência da Polícia Federal em SP.

Por: Setor de Comunicação Social da Superintendência da PF em São Paulo
Tel: (11) 3538-5012/5013
Fonte: Agência de Notícias de Polícia Federal



Clique Play: Reportagem RecordNews