Bebês de fumantes têm altos níveis de substância tóxica no organismo

Bebês de fumantes têm níveis cinco vezes maiores de um subproduto da nicotina na urina do que filhos de não-fumantes, segundo pesquisadores da Universidade de Leicester, no Reino Unido. Segundo especialistas, esse subproduto, chamado cotinina, pode danificar o coração e os vasos sangüíneos ao aumentar a pressão sangüínea e o pulso.

Na pesquisa, foram medidos os níveis na urina de 71 bebês de pais fumantes e 33 de pais não-fumantes, todos de dez a 12 semanas de vida. Em média, os níveis do composto nocivo eram 5,58 vezes maiores entre os filhos de pelo menos um fumante, com maior agravante para aqueles cuja mãe fumava. De acordo com os autores, “o fumo passivo expõe bebês à cotinina nas primeiras fases da vida, quando eles não estão completamente equipados para excretar a substância tóxica”.
OBID Fonte: UOL Ciência e Saúde