De que modo se justifica a ação benéfica do uso moderado de álcool no funcionamento cardiovascular?

O mecanismo mais estudado diz respeito aos altos níveis do colesterol HDL entre aqueles que bebem moderadamente. Em estudos experimentais realizados na Holanda, é claramente maior a habilidade do sangue de um sujeito de retirar colesterol das células em uma lâmina quando há a ingestão de álcool em comparação à abstinência alcoólica – processo chamado de transporte reverso do colesterol que conta com a participação do HDL. Pessoas com menores níveis de HDL aparentemente parecem ter os maiores aumentos nos níveis desse tipo de colesterol com a ingestão de bebidas alcoólicas. A decisão de fazer uso ou não de álcool, entretanto, depende de muitos outros fatores além do HDL. Assim, ir ao médico continua sendo a maneira mais segura de tomar essa decisão.

Fonte:http://www.cisa.org.br/entrevistas.php?FhIdCategoria=9d184ca3b6e83cd8258caf5cf2b42286