Como a empresa pode identificar o dependente de álcool?

De modo geral, as empresas de médio e grande porte possuem serviços de medicina do trabalho, cuja finalidade é dar assistência medicossocial ao trabalhador. Assim, ao realizarem os exames admissionais e os periódicos de rotina podem avaliar seus empregados, se adequadamente treinados, para observar alguns sinais que podem eventualmente fazer suspeitar de alcoolismo, tais como: faltas sucessivas ao trabalho, muitas vezes alegando mal-estar gástrico ou outros comprometimentos físicos; sair antes da hora do termino do expediente ou não voltar após o almoço, dívidas financeiras recorrentes, atrasos no trabalho e faltas às segundas-feiras, desleixo com os móveis e instrumentos do trabalho, hálito etílico, etc. Do ponto de vista estritamente médico, temos: enzimas hepáticas aumentadas como a GGT, TGO e TGP, aumento do volume corpuscular médio e aumento da amilase e lipase. Do ponto de vista social poderá haver queixas, problemas em família ou no casal.
Fonte:http://www.cisa.org.br/entrevistas.php?FhIdCategoria=9d184ca3b6e83cd8258caf5cf2b42286