Participantes do Simpósio sobre Drogas debatem segurança pública

O primeiro dia de debate do Simpósio Internacional sobre Drogas, realizado no Rio de Janeiro, discutiu a questão da Segurança Pública e a Problemática das Drogas. O presidente do Comitê da União Européia para o Parlamento de Portugal, Vitalino Canas, afirmou que o Brasil é um dos países mais progressivos e inovatórios do mundo, porque tem uma política e uma lei sobre drogas que aborda o tema de forma multidisciplinar.

Vitalino Canas também elogiou a aprovação da lei brasileira n° 11.343/06, principalmente no artigo 28 – que separa usuário e dependente da figura do traficante. “A intenção do Comitê é colaborar com as entidades brasileiras e aprofundar experiências e conhecimentos que aqui foram obtidos”, frisa.

Ainda sobre a lei, o secretário Nacional Antidrogas, Paulo Roberto Uchoa, reiterou a realização de cursos até 2011 para 20 mil profissionais dos juizados especiais. O objetivo é capacitá-los na aplicação da lei para o cumprimento das penas alternativas e diminuição de reincidência, por meio da advertência sobre o consumo e do encaminhamento do usuário e dependente de drogas para a rede de recursos comunitários.

Também participaram do debate o diretor da Polícia Federal, Luiz Fernando Corrêa e o secretário Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça, Antônio Carlos Biscaia. O evento segue até quarta-feira (27), no Rio de Janeiro e é uma realização da Secretaria Nacional Antidrogas (Senad/GSI/PR), da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp/MJ), do Departamento de Polícia Federal e do Selis Council.

Programação – Nesta quarta-feira (27), o debate será sobre Juventude e Narcotráfico: fatores de risco e proteção. O tema é mediado pela secretaria adjunta Nacional Antidrogas, Paulina Duarte, e contará com a participação do professor da Universidade Federal da Bahia, Antônio Neri Filho; da fundadora e coordenadora do Núcleo de Pesquisa das Violências (Nupevi), Alba Zaluar e do juiz de direito do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, Joaquim Domingos de Almeida Neto.

Informações para imprensa:
(61) 8112 8408 / (21) 8253 2428
Autor: Obid
Fonte: Senad