Terapia familiar pode resolver

Simpósio sobre crises. Uma criança com dificuldades na escola, um adolescente usuário de drogas, um casal prestes a se separar. Quando as pessoas envolvidas com problemas assim já não sabem mais o que fazer, talvez seja hora de procurar uma terapia de família.

O assunto será discutido no 1º Simpósio Catarinense da Associação Catarinense de Terapia Familiar (Acatef), hoje e amanhã, em Florianópolis.

Para a presidente da Acatef, a psiquiatra Maria Elizabeth Valle, muitos problemas considerados apenas da criança são um reflexo das dificuldades que a família enfrenta.

– Se você trabalha indivíduos, você está fazendo uma força e, de repente, a família está fazendo força contrária – explicou.

Distúrbios alimentares, suicídio, casamento homossexual e intimidade na relação são algumas das questões que terapeutas irão debater no encontro. O simpósio é voltado para profissionais da área de saúde e educação e estudantes de graduação

Autor: Editoria Geral
OBID Fonte: Diário Catarinense-SC