Uso regular de maconha pode danificar dentes

Usuários freqüentes da maconha têm quatro vezes mais chance de danificar gengivas. O risco de perder os dentes também aumenta em duas vezes, segundo pesquisa publicada na Nova Zelândia.

A doença periodontal é uma das doenças crônicas mais comuns nos adultos em todo o mundo. Trata-se de uma inflamação que começa a partir de uma infecção bacteriana que atacas gengivas e as estruturas de fixação dos dentes, levando a perda dentária precoce.

O tabaco está entre os principais fatores de risco para a doença periodontal. A pesquisa, publicada na revista “Journal of American Medical Association” buscou avaliar o impacto do uso da maconha sobre a doença das gengivas e sua relação com o uso do cigarro.

Foram mais de mil pessoas acompanhadas desde o nascimento e examinadas por dentistas dos 18 aos 32 anos de idade. Os exames eram feitos aos 18, 21, 26 e 32 anos, sendo que nessas ocasiões foram levantados dados sobre o uso de maconha e tabagismo.

A exposição à maconha foi estabelecida por questionários e a doença periodontal foi classificada por critérios odontológicos. Os participantes foram divididos de acordo com as respostas como alta, alguma e nenhuma exposição à maconha.

A fase da vida dos participantes foi cuidadosamente escolhida, pois a doença periodontal é tradicionalmente associada a idades acima dos 35 anos.

Autor: O Estado do Maranhão-MA
OBID Fonte: O Estado do Maranhão – MA