SP gastará R$ 2,6mi com 400 novos bafômetros

Para ajudar a polícia durante as fiscalizações para flagrar motoristas que fazem uso abusivo do álcool, o governo de São Paulo vai comprar 400 bafômetros. A Segurança Pública vai investir R$ 2,6 milhões na aquisição dos equipamentos. Dos novos bafômetros, 298 vão ser usados no interior – 102 aparelhos ficarão na capital.

Desde a entrada em vigor da lei seca, no dia 20 de junho, motoristas que dirigem alcoolizados são autuados em flagrante, têm a carteira de habilitação apreendida, recebem multa de R$ 955 e podem até ser presos.

O secretário da Segurança Pública, Ronaldo Marzagão, afirmou que a compra dos bafômetros foi feita para “preservar a vida”. “Todo investimento em operações preventivas é amplamente recompensado pela preservação da vida de cada pessoa e – por que não dizer – pelos imensos gastos hospitalares e previdenciários causados pelas mortes no trânsito.”

Depois que a PM reforçou as operações Direção Segura na capital – no fim de semana, 250 PMs fizeram 723 motoristas soprarem bafômetros – hospitais da cidade já registram queda de 55% no atendimento a vítimas de acidentes de trânsito.
Autor: O Estado de S. Paulo – SP
OBID Fonte: O Estado de S. Paulo – SP