Encontro debate Lei Seca

A Lei Seca comprova a negligência de brasileiros que se arriscam com a mistura explosiva de álcool e direção. Levantamento da Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas (Senad) revela que 83% dos motoristas entrevistados afirmaram que dirigiram embriagados pelo menos uma vez no último ano.

Outros 46% entrevistados responderam que pegaram carona com condutores alcoolizados. Esses e outros dados serão apresentados no 23º Encontro Nacional dos Órgãos Executivos de Trânsito dos Estados e do Distrito Federal, que reúne, desde ontem, delegados do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) de todo o país. Pela primeira vez, Minas Gerais sedia o evento e vai contar com quase 100 autoridades. A Lei Seca, a integração das instituições e entidades ao Sistema Nacional de Trânsito estarão na pauta de discussão.

O coordenador-geral do Observatório Brasileiro de Informações sobre Drogas, da Senad, Vladimir de Andrade Stempliuk, explicou que a pesquisa foi feita em 2006 com mais de 3 mil pessoas, em 146 municípios brasileiros. Ele observa também que uma pesquisa promovida pela secretaria está em andamento e tem como objetivo detalhar a relação álcool/trânsito.

O impacto econômico de acidentes provocados pelo consumo desses componentes também será tratado no estudo. O pesquisador afirma que 23% da população brasileira que ingere bebida alcoólica apresenta problemas sociais e de saúde em decorrência da droga.

O chefe do Detran de Minas Gerais, delegado Oliveira Santiago Maciel, disse que o encontro vai servir para a troca de experiência entre delegados de vários estados. “Vamos mostrar o sistema informatizado de pontuação de carteira de habilitação que agiliza o processo. É muito importante Minas sediar a discussão. Somos o estado com mais motoristas registrados (6 milhões) e com a maior malha rodoviária do país”, afirma o policial. O encontro vai até sexta-feira no Hotel Caesar Business, na Rua Luiz Paulo, 421, no Belvedere, Região Centro-Sul de BH.
Autor: Ingrid Furtado
OBID Fonte: Estado de Minas – MG