Narguilé se populariza entre jovens

Popularizado entre jovens brasileiros nos últimos anos, o uso do narguilé vem conquistando adeptos com o rótulo de “fumo benigno”. Típico nos países árabes, o modismo está cada vez mais presente em restaurantes, bares, festas e rodas de amigos. Em meio a essências misturadas ao tabaco e longas sessões, o que poucos sabem é que os efeitos podem se tornar mais nocivos à saúde do que o cigarro comum.

O cachimbo árabe é constituído por quatro partes: topo, em que o carvão queima um fumo aromatizado; bocal, onde o usuário inspira a fumaça; corpo, que armazena água para formar vapor e intensificar a combustão; e cano central. Em Porto Alegre, o aparato pode ser encontrado em diversos estabelecimentos, que cobram aluguel pelo uso ou até mesmo oferecem como cortesia. Na Rua da Praia, no Centro, um barzinho ficou conhecido por disponibilizar o narguilé. Nos finais de tarde, faltam mesas para a clientela.

Fumante há 5 anos, a porto-alegrense Dafne Lima, de 27 anos, conheceu o narguilé há dois meses. “É bem mais fraco que o cigarro comum. Até a fumaça é mais agradável”, acredita a jovem. A opinião é compartilhada pela amiga Denise Silva, de 22 anos, que também aderiu ao fumo aromatizado.

O narguilé não atrai apenas fumantes, mas também curiosos. Max Oliveira, 27 anos, nunca teve gosto pelo cigarro, mas acabou experimentando para confraternizar com amigos. “Não gosto de fumar, mas esse aqui parece que tem um gosto diferente”, relata. O aparato desperta tanto interesse que chega ser comprado por alguns jovens em lojas especializadas em tabacaria. A estudante de Direito Thaís Marchis, 19 anos, de Esteio, adquiriu um aparelho no mês passado. “Normalmente levo o narguilé para festas entre amigos, apesar de não ser fumante”, conta.

Os cachimbos d’água têm nicotina suficiente para criar dependência. Por estar menos concentrada, reduz náuseas e permite que o consumidor consiga ficar mais tempo exposto às substâncias cancerígenas do tabaco e a gases perigosos – como monóxido de carbono. Conforme o coordenador do Programa de Controle ao Tabagismo da S. Casa, Luiz Carlos Corrêa da Silva, fumantes de narguilé estão sujeitos às doenças causadas pelo cigarro – câncer de pulmão e complicações cardíacas.

Cachimbo de água

Narguilé, ou arguile, é um cachimbo de água utilizado para fumar. Originário dos países do Oriente, o aparato em diferentes formatos tem como princípio comum o fato de a fumaça passar pela água antes de ser inalada.
Autor: Joana Colussi
OBID Fonte: Correio do Povo