Goiás será pioneiro contra uso de anabolizantes

A Secretaria de Saúde, a Vigilância Sanitária e o Ministério Público definiram ontem em reunião a adoção de ações para o combate ao uso indiscriminado de anabolizantes, psicotrópicos e anorexígenos. As medidas visam evitar novos casos como o de dois adolescentes de Caiapônia, que estão internados em hospitais de Goiânia em estado grave depois de usarem produtos veterinários com o objetivo de aumentar a massa muscular.

A secretária de Saúde Irani Ribeiro de Moura ressalta que o uso inadequado desses medicamentos precisa ser combatido e Goiás será pioneiro nessa luta. Entre as ações que serão adotadas está a afixação obrigatória de cartazes em academias e escolas de ensino médio alertando para os efeitos mais comuns dos anabolizantes, como a feminilização do homem, a masculinização da mulher, impotência sexual masculina e doenças, além do risco de morte. Os cartazes devem ser apresentados em 30 dias.

Outra proposta é que a Vigilância Sanitária treine policiais do Batalhão Rodoviário de Trânsito e da Polícia Federal para que eles possam identificar e apreender produtos anabolizantes, psicotrópicos e anoxerígenos provenientes do comércio nacional e internacional. Os funcionários dos Correios também devem ser treinados para identificar esses produtos que costumam ser adquiridos pela internet. Ficou definida ainda a adoção de medidas de fiscalização e de controle na venda desses produtos. Mais informações: (62) 3201-3811.
Autor: Editoria Últimas Notícias
OBID Fonte: Diário da Manhã Online