fbpx

Agentes vão dar aulas sobre sexo e drogas

Agentes da Guarda Civil Comunitária de Vitória vão dar aulas de sexo seguro e prevenção ao uso de drogas nas escolas municipais da Capital. A intenção é que, na segunda quinzena de julho, eles estejam dentro dos colégios ministrando palestras, oficinas temáticas e outras atividades com alunos e pais.

O secretário de Segurança Urbana de Vitória, João Sana, disse que 15 profissionais começaram, nesta semana, um curso de aperfeiçoamento com 200 horas de duração. “No final, eles estarão preparados para trabalhar temas, como prevenção e enfrentamento das drogas, redução de danos, prevenção de doenças sexualmente transmissíveis, da Aids e de gravidez na adolescência”, explica.

Sana salientou que a principal intenção é reduzir a criminalidade nas escolas. “Além das consequências que as drogas provocam no organismo de quem usa e nas famílias, os agentes vão aprender técnicas para detectar o uso dessas substâncias, mesmo as consideradas lícitas, como álcool e cigarro”, salienta.

O secretário disse que os profissionais vão acionar a rede de serviços de Vitória sempre que identificarem adolescentes com dependência química, doenças ou que estejam grávidas. “Eles serão encaminhados para tratamento adequado”, aponta. Sana disse que o projeto-piloto será implementado em São Pedro, considerado bairro de grande vulnerabilidade social em Vitória.

“Vamos começar pelas escolas de São Pedro, onde foi implementado o Programa Território da Paz do governo federal. Os agentes vão conversar com os alunos com uma linguagem adequada, respeitando a idade e a dinâmica deles”, frisa Sana.

Ele disse que o objetivo é difundir os conhecimentos entre os pré-adolescentes e adolescentes. Por isso, as ações serão priorizadas entre os alunos, a partir do 6º ano do ensino fundamental. Os temas que serão desenvolvidos dentro das salas de aula foram desenvolvidos em parceria com as secretarias municipais de Saúde e Educação.
Autor: Daniela Carla
OBID Fonte: A Gazeta