Cerveja na mira

Atendendo recomendação da Promotoria de Defesa do Cidadão, o procurador José Antônio Baeta de Melo Cançado, a Gerência da Regulação Urbana da Secretaria Regional Pampulha vai agir com mais rigor para impedir a venda de bebidas alcoólicas no entorno do Mineirão. A medida será intensificada a partir de hoje, quando jogam Cruzeiro e São Paulo pela Libertadores. A decisão foi tomada em reunião entre representantes da Prefeitura de BH, Ademg, PMMG, Cruzeiro e Atlético. A reunião foi convocada pelo secretário regional da Pampulha, Osmando Pereira da Silva, para cumprimento total da recomendação do representante do Ministério Público Estadual.

Decidiu-se que todos os veículos suspeitos de estarem com bebidas alcoólicas nos bagageiros, bem como outras mercadorias, passarão por vistorias por fiscais da Prefeitura, acompanhados de policiais e guardas municipais. Todas as caixas de isopor com bebidas alcoólicas serão apreendidas. Fiscais da Vigilância Sanitária atuarão, ainda, na verificação da venda de alimentos, a exemplo do churrasco e do feijão tropeiro. Está proibida, também, a venda de camisetas de clubes. Entende o secretário Osmando que a venda de bebidas alcoólicas em locais não autorizados é ilegal e coloca em risco os participantes, o patrimônio público e particular, daí a intensificação da fiscalização antes e durante as competições esportivas e demais eventos na região da Pampulha.
Autor: Editoria Esportes
OBID Fonte: Diário da Tarde