Motoristas não se intimidam

A Lei Seca completará um ano no próximo sábado. A poucos dias do aniversário, os flagrantes de motoristas alcoolizados são cada vez mais frequentes no Distrito Federal. Só no feriado de Corpus Christi, o Departamento de Transito (Detran/DF) registrou 32 multas por embriagues. O balanço da Polícia Militar foi ainda mais desastroso. Segundo o Batalhão de Trânsito, 1.063 condutores sofreram autuações, destes 64 por estar sob efeito de álcool e 13 pegos em flagrante.

Mesmo com as fiscalizações, tanto nas ruas quanto nas estradas que cortam o DF e Entorno, os acidentes não foram evitados durante o feriado de Corpus Christi. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou 43 acidentes de trânsito, com 30 feridos e uma morte. No sábado, o motociclista Paulo Pereira da Silva, 24 anos, faleceu após colidir com uma caminhonete S10, na BR-020, próximo à Vila Boa Goiás. No mesmo período do ano passado, foram registrados 42 acidentes, com 46 feridos e nenhum óbito.

As fiscalizações da PRF começaram à 0h da quarta-feira (10) e continuaram até meia noite de domingo (14). As rodovias que receberam maior atenção foram as BRs 020, 040 E 070.

Na cidade, as principais ocorrências foram apreensões de veículos. As blitze retiveram 71 automóveis e 70 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNH), de quarta-feira a domingo. Os locais vigiados foram Ceilândia, Guará, Taguatinga, Planaltina, São Sebastião e Gama, além do Plano Piloto.

Os plantões do Batalhão de Trânsito durante o feriado também tiveram resultados. Ao todo foram 298 veículos. Destes, destacaram-se 95 por falta de CNH.
Autor: Gisele Diniz
OBID Fonte: Tribuna do Brasil