Prevenção às drogas: TJ do Acre faz balanço de ações

A coordenação do Programa de Prevenção às Drogas do Tribunal de Justiça do Acre fez um balanço das atividades executadas durante a primeira etapa do projeto. A divulgação dos dados foi feita pelo coordenador do programa, Juiz de Direito Elcio Sabo Mendes Júnior.

O programa, cujo objetivo principal é conscientizar a juventude acreana dos malefícios causados pelas drogas, foi lançado no Acre no dia 13 de março deste ano pelo Presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ministro Gilmar Mendes, durante solenidade realizada na Escola Estadual Armando Nogueira.

O programa visa, também, socializar conhecimentos dirigidos a públicos específicos, com a distribuição de cartilhas que versam sobre o tema e que apresentam questões de forma leve, informal e interativa, destinadas a educadores, pais de crianças e adolescentes, doadas pela Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas (SENAD).

O programa está sendo desenvolvido, primeiramente, em duas etapas, sendo que durante a primeira etapa foram agendadas palestras para os alunos de 42 escolas das redes particular, Estadual e Municipal de ensino de Rio Branco. Inicialmente, o número de escolas a serem atendidas era de 14 unidades educacionais.

De acordo com dados estatísticos, até o dia 17 de junho deste ano 2.309 alunos de 34 escolas da capital já haviam participado das palestras ministradas pela equipe técnica do programa.

A segunda etapa do programa, que será executada no segundo semestre de 2009, consta de um calendário de palestras que serão ministradas aos alunos de escolas dos municípios de Porto Acre, Bujari, Senador Guiomard, Capixaba, Xapuri, Brasiléia, Plácido de Castro, Acrelândia, sena Madureira, Manoel Urbano, Cruzeiro do Sul, Tarauacá, Feijó, Mâncio Lima e Rodrigues Alves.
Autor: Editoria Geral
OBID Fonte: A Tribuna