Fergie: “Eu amava ecstasy. Era maravilhoso no começo, depois…”

Cantora conta que passou oito horas conversando com um cesto de roupas quando estava sob o efeito de ecstasy.

A cantora Fergie resolveu falar sobre seu problema com drogas para os fãs. Em entrevista ao jornal “The Times” desta terça, 13, a musa do Black Eyed Peas confessou que foi usuária de ecstasy e crystal meth por um ano.

“Eu amava ecstasy. Era maravilhoso no começo, depois…”, interrompe, para contar que passou a sofrer alucinações e chegou a ter uma conversa de oito com um cesto de roupas.

Ela também diz que, em outra ocasião, um traficante apontou uma arma para sua cabeça enquanto comprava maconha em Los Angeles.

O principal vício de Fergie se tornou o crystal meth. A cantora chegou a urinar em cima do palco quando estava sob efeito da droga e diz que foi uma experiência muito ruim, “isso te leva à ruína”.

Fergie afirma que já faz dez anos desde que usou drogas pela última vez e diz que o trabalho para a Disney quando ainda era criança é que causou o vício. “Quando você é uma criança que trabalha, precisa ser profissional. Você aprende a não ter vontade própria e sempre ser agradável aos outros. Em partes, foi por isso que eu acabei me viciando”, diz.
Fonte: Assessoria de Imprensa Grupo Viva