Seminário discute redução de danos provocados por drogas

A Comissão de Direitos Humanos e Minorias abre hoje, às 16 horas, seminário para discutir experiências e leis nacionais e internacionais relacionadas às políticas de enfrentamento e redução de vulnerabilidades e danos no consumo de drogas.

Os debates serão realizados nesta quarta-feira (21). Serão abordados temas como estratégias para redução de danos, revisão das leis e ações na área de saúde.

O debate foi proposto pelo deputado Paulo Teixeira (PT-SP). Para ele, a violência associada ao comércio de drogas provoca danos sociais, econômicos e políticos ainda maiores que o próprio consumo da droga. “Precisamos abrir caminhos para superar o atual estágio da violência relacionada ao tema e diminuir os danos associados ao uso da drogas”, afirma o parlamentar.

Foram convidados para a abertura:

– a corregedora-geral do Ministério Público Federal, Ela Wiecko;

– o secretário legislativo do Ministério da Justiça, Pedro Abramovay;

– o secretário nacional de Políticas sobre Drogas do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, Paulo Roberto Uchôa;

– Bo Mathiesen, representante Regional do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime no Brasil;

– o diretor-executivo da ONG Viva Rio, Rubem César;

– o coordenador do Unaids no Brasil, Pedro Chequer;

– Benedikt Fischer, professor da Universidade de Toronto (Canadá);

– Pablo Cymerman, representante da ONG Intercambios (Argentina); e

– representantes da Secretaria Especial de Direito Humanos, do Superior Tribunal de Justiça, dos ministérios da Saúde e da Justiça de organizações não governamentais que desenvolvem ações contra o uso de drogas ou de atendimento a dependentes químicos.

Os debates começam às 9 horas no auditório Freitas Nobre e prosseguem à tarde no plenário 9.
Autor: Editoria Últimas Notícias
OBID Fonte: Agência Câmara