Restrição da venda de cigarros próximo às escolas reduz o uso de tabaco entre estudantes

Pesquisadores da Universidade da Califórnia avaliaram o uso de tabaco por estudantes em relação à quantidade e proximidade de revendedores de cigarros perto de suas escolas. E descobriram que uma medida eficaz para a redução do tabagismo entre crianças e adolescentes seria a restrição do acesso dos estudantes a revendedores de cigarro.

Foram utilizados dados do período entre 2003 e 2004 da pesquisa California Student Tobacco Survey e das licenças de venda de tabaco no Estado da Califórnia. A quantidade dos revendedores esteve associada com a experiência de fumar (OR 1,11), mas não com a continuação do tabagismo (OR 1,06). Os efeitos da experimentação do fumo foram exclusivos de estudantes do ensino médio (OR 1,17) em áreas urbanas (OR 1,11).

As análises mostraram que os estudantes do ensino médio teriam maior probabilidade de obter cigarros de um revendedor, enquanto os estudantes do ensino fundamental se apoiam mais fortemente em fontes sociais, ou seja, conseguem cigarros de amigos e conhecidos. Publicada na revista American Journal of Public Health, a pesquisa concluiu que os resultados encontrados apoiam a possibilidade da redução do índice de estudantes que experimentam o tabaco, mas não continuam a fumar, através da restrição de seu acesso a fontes comerciais de tabaco em áreas urbanas.
Autor: Seção Notícias
OBID Fonte: Boa Saúde