Maconha hidropônica

Droga foi encontrada nesta quinta (22) em Jundiaí e em Hortolândia.

Segundo a polícia, droga saía do Paraguai.

Do G1, em São Paulo, com informações da TV Tem

A polícia apreendeu cerca de 220 kg de maconha hidropônica em Jundiaí e em Hortolândia, respectivamente a 58 km e 109 km de São Paulo, nesta quinta-feira (22). De acordo com a polícia, a técnica de produção feita na água ou em barris com terra encharcada produzia uma erva com até quatro vezes mais poder alucinógeno.

A droga foi encontrada durante uma investigação sobre um esquema de tráfico que tinha como origem Pedro Juan Caballero, no Paraguai, passando por Campo Grande (MS) e tendo Jundiaí como um dos destinos finais. Na cidade, os policiais apreenderam cerca de 100 kg da droga com um homem de 20 anos que, segundo a policia, era o responsável pelo transporte e pela entrega na região.

Após interrogar o suspeito, a polícia chegou a uma casa que servia como armazém da droga em Hortolândia. No local, havia mais 120 kg de maconha. O homem foi detido em flagrante.

Ainda segundo a polícia, a técnica de plantio na água era usada para acelerar o crescimento da planta e ganhar escala de produção. Um coquetel de fertilizantes era usado para aumentar os níveis de THC, a substância ativa da droga. Por isso, a erva tinha poder alucinógeno até quatro vezes maior do que a obtida por meio do plantio convencional.
Fonte:UNIAD – Unidade de Pesquisa em Álcool e Drogas