Solvente de solda é usado como droga em São Paulo

Um solvente popularmente conhecido como “respingo de solda” está sendo usado como droga por jovens do interior de São Paulo. Quem faz o alerta é o Instituto de Criminalística de Campinas (ICA). A substância, que tem efeito similar ao lança-perfume, é encontrada com frequência pela polícia em festas de adolescentes e raves. Nas indústrias, o solvente é utilizado para remover resquícios de solda que caíram em algum local indesejável.

Sílvia Cazenave, toxicologista do ICA, revela que o instituto tem analisado frequentemente este tipo solvente nos últimos dois anos. Já existem outras formas do produto, em pasta e biodegradável à base de água, mas que não podem ser inalados como o spray. O uso da substância prejudica o funcionamento dos rins e pode causar arritmias cardíacas e levar à morte.

A comercialização do solvente é feita em lojas de materiais de construção. Embora tenha venda proibida para menores de 18 anos, a substância é de fácil obtenção e tem custo baixo. Em 2007, uma pesquisa do Centro Brasileiro de Informações Sobre Drogas Psicotrópicas (Cebrid), ligado à Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), revelou que solventes em geral eram mais usados que maconha, cocaína, crack e anfetamina nas escolas paulistas. Mais de 16% dos entrevistados já haviam utilizado este tipo de droga.
Fonte:O Globo/ABEAD(Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas)