A Cicatriz

O pequeno menino convidou sua mãe para participar do encontro de pais e professores na sua escola. Para desânimo do menino, ela disse que iria. Esta seria a primeira vez que seus coleguinhas e professores se encontrariam com sua mãe e estava embaraçado por causa da aparência dela. Embora fosse uma mulher bonita, havia uma cicatriz que cobria todo o lado direito de seu rosto. O menino nunca quis falar sobre o porque ou como surgiu a cicatriz.

Na reunião, as pessoas ficaram impressionados com a bondade e a beleza natural de sua mãe, apesar da cicatriz. Mas o menino, ainda embaraçado, se escondia de todos. Entretanto, mantinha-se à uma distância da qual pôde ouvir a conversa entre sua mãe e seu professor.
– Essa cicatriz em seu rosto. O que aconteceu? – Perguntou o professor.

A mãe respondeu,
– Quando meu filho era bebê, ele estava em um quarto que pegou fogo. Todos tiveram muito medo de entrar porque o fogo estava fora de controle, assim eu entrei. Quando eu estava indo em direção ao seu berço, eu vi que uma enorme labareda ia alcançá-lo, então me coloquei sobre ele para tentar protegê-lo. Caí inconsciente mas felizmente um bombeiro entrou e nos salvou.

Tocando o lado queimado de seu rosto, continuou,
– Esta cicatriz é permanente, porém eu nunca lamentei o que eu fiz.

Neste momento, o pequeno menino saiu de seu esconderijo e correu até sua mãe com lagrimas em seus olhos e a abraçou sentindo o enorme sacrifício que sua mãe tinha feito por ele. E ficou firmemente segurando a mão de sua mãe pelo resto do dia.
Fonte:(Autorizado por www.rivalcir.com.br)