Alerj discute aumento do consumo de crack

A Comissão de Prevenção ao Uso de Drogas e Dependentes Químicos em Geral da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) realizará uma audiência pública sob o tema Crack, consequências e alternativa, nesta segunda-feira, do Palácio Tiradentes.

– Queremos esclarecer as consequências geradas pelo consumo desta droga que, em pouco tempo, chegou às favelas e já é a mais consumida entre os moradores de rua do estado. O crack é cinco vezes mais potente que a cocaína. Vai do pulmão direto para o cérebro acabando com toda uma geração de jovens – disse o presidente da comissão, deputado José Nader (PTB).

Durante a reunião será discutida a criação de novas casas de reabilitações especializada em dependentes do crack.
Fonte:Correio do Brasil/UNIAD – Unidade de Pesquisa em Álcool e Drogas