PM autuou 180 motoristas por embriaguez desde o início do carnaval

Somente na segunda (15/2) e na terça (16/2), 56 motoristas foram flagrados dirigindo sob influência de álcool. Desses, dois foram encaminhados à delegacia por apresentar concentração de álcool no sangue superior à 0,34 mg/l – quantidade considerada crime. As informações são do Batalhão de Trânsito as Polícia Militar (BPTran), que aumentou, neste carnaval, a fiscalização da Operação Álcool Zero.

De acordo com balanço divulgado pelo órgão fiscalizador, desde o início do carnaval, na última sexta-feira (12/2), 180 condutores foram autuados por embriaguez ao volante e quatro deles conduzidos à delegacia.

Ainda segundo o BPTran, todos que foram flagrados infringindo a Lei Seca tiveram suas Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs) recolhidas e estão sujeitos a multa de R$ 957,70. Além disso, podem ter o direito de dirigir por até 12 meses. Quem for preso em flagrante por ter ultrapassado o teor de álcool máximo – 0,34mg/l – pode ficar preso de seis meses a três anos.

Demais infrações

Além das fiscalizações da Operação Álcool Zero, o BPTran também fica de olho em outros detalhes, como documentações e ausência de equipamentos obrigatórios, entre outros. Ao todo, 360 condutores foram autuados por infrações diversas. Vinte e três veículos foram removidos ao depósito do Departamento de Trânsito do DF (Detran-DF) e 168 CNHsm, recolhidas.
Fonte:Correio Braziliense/UNIAD – Unidade de Pesquisa em Álcool e Drogas