“Esclarecimentos acerca do Progesterex”

Circula na internet uma mensagem alertando sobre o perigo de uma nova substância psicotrópica, denominada “Progesterex”, considerada a nova droga do estupro. Tal mensagem está sendo divulgada, utilizando indevidamente, o nome do Denarc – Departamento de Investigações sobre Narcóticos – Polícia Civil do Estado de São Paulo. A mensagem alega que o “Progesterex” é uma substância utilizada por veterinários para esterilizar animais de grande porte, devendo ser usada em conjunto com o Rohypnol, que é um ansiolítico, que induz o sono de forma rápida e intensa, ocasionando amnésia. A mensagem informa, ainda, que o “Progesterex” causa paralisia dos membros inferiores, facilitando assim, a vida dos estupradores.

Em razão da propagação destas inverdades, a Divisão de Prevenção e Educação/Dipe, vem esclarecer que o “Progesterex” é uma droga fictícia e faz parte de uma farsa (hoax), uma lenda. Embora o Rohypnol exista e seja fabricado pelo laboratório Hoffman-La Roche, inclusive no Brasil, o Progesterex não existe. O Rohypnol é considerado uma droga paralela ao Ecstasy, GHB e LSD, e se for usado com álcool ou outra substância alucinógena, pode ocasionar a morte do indivíduo.
Dr. Reinaldo Corrêa
Delegado de Polícia Divisionário da Dipe/Denarc
Fonte:DIVISÃO DE PREVENÇÃO E EDUCAÇÃO – DIPE