Ajuda a projetos contra drogadição

Entidades e prefeituras podem inscrever iniciativas até 27 de maio.
Porto Alegre – Atenção, organizações não-governamentais (ONGs) e prefeituras que realizam projetos de prevenção à drogadição e atendimento a crianças e adolescentes dependentes: sua iniciativa pode receber ajuda de até R$ 40 mil do governo do Estado.

Está aberto o segundo edital da Secretaria da Justiça e do Desenvolvimento Social (SJDS) e do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (Cedica), que irá beneficiar entre 25 e 45 projetos, totalizando R$ 1 milhão. O prazo para inscrições vai até 27 de maio. A verba faz parte do orçamento do Estado e foi depositada no Fundo Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (Feca).

As prefeituras e entidades podem apresentar ações como projetos de atendimento de menores egressos de tratamentos no uso de substâncias psicoativas, atendimento de crianças e adolescentes que convivem em ambientes com alto índice de tráfico e prevenção ao uso de drogas com jovens com vivência de rua.

– Nós simplificamos o edital para que seja de compreensão mais fácil. Agora só há duas categorias: ONGs, que poderão inscrever projetos no valor de até R$ 40 mil, e prefeituras, que poderão receber até R$ 30 mil e terão de dar uma contrapartida de 20% – explica o secretário da Justiça e do Desenvolvimento Social, Fernando Schüler.

Ele acrescenta que o recurso poderá ser utilizado para despesas de capital e de custeio, como aquisição de materiais e pagamento de profissionais, mas não deverá ser destinado para reformas em prédios, por exemplo. Uma comissão de conselheiros do Cedica, formada por representantes do governo e da sociedade, avaliará os projetos para a seleção.

Os gestores das escolhidas irão receber treinamento da Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho. Depois, os projetos serão acompanhados pela SJDS para confirmar a adequada destinação dos recursos. No primeiro edital, lançado no ano passado, de 270 projetos inscritos, 43 foram selecionados. Schüler espera que o número de entidades inscritas seja ultrapassado esse ano.

Caxias já recebeu verba – Em Caxias do Sul, o primeiro edital contemplou o projeto das Comissões Internas de Prevenção a Acidentes e Violência Escolar (Cipave), capitaneado pela Secretaria Municipal de Segurança Pública e Proteção Social e pela Secretaria Municipal de Educação. O projeto funciona em todas as 85 escolas municipais de Caxias.

São ministradas palestras para professores, pais e alunos entre o 3º e 9° anos do ensino fundamental sobre diferentes temas, incluindo a prevenção ao uso de drogas. Depois, cada escola mantém sua comissão.

A prefeitura conseguiu uma verba de R$ 32 mil. Com o dinheiro, liberado no mês passado, serão comprados materiais para palestras, como notebook, aparelho de data-show e máquina fotográfica.

– O edital está disponível no site: www.sjds.rs.gov.br
– A data final para inscrições é 27 de maio
– Podem participar projetos de prefeituras que receberão até R$ 30 mil e mais contrapartida do município, ou projetos de organizações não-governamentais, que terão disponíveis até R$ 40 mil
– Os projetos devem ser encaminhados para o Cedica, na Rua Miguel Teixeira, 86, Porto Alegre. Informações podem ser obtidas pelos telefones (51) 3288.6625 ou pelo e-mail cedica@sjds.rs.gov.br
Autor: Cidades
OBID Fonte: Pioneiro-RS