Vacina contra tabaco pode chegar em 2012

Uma equipa de investigadores da Universidade de Michigan – Califórnia, nos EUA, está a testar uma vacina contra o vício de fumar: a NicVAX. “Usar uma vacina para tratar a dependência de nicotina é uma das abordagens mais originais para combater o vício”, considerou Jonathan Henry, coordenador da equipa envolvida no projecto. A taxa de sucesso relativa aos estudos já realizados é de 80% e “os resultados são promissores”, confirma Luís Rebelo, presidente da Confederação Portuguesa de Prevenção do Tabagismo. Espera-se que em 2012, depois de ter sido testada em 25 países, a vacina esteja disponível no mercado: “Temos esperança de que a estratégia ajude os fumadores a deixar o vício”, acrescenta Jonathan Henry.

A Nabi Biopharmaceuticals of Rockeville é o grupo responsável pelo desenvolvimento e fabrico deste produto único, capaz de criar anticorpos que se ligam às moléculas da nicotina, impedindo que ela atravesse a barreira hematoencefálica e permita a libertação de dopamina – responsável pela sensação do prazer de fumar. “Ao nível cerebral, a nicotina não provocaria tanta dependência nem a sensação de recompensa”, explicou Luís Rebelo.

Depois de testada a segurança da vacina, cerca de 300 voluntários estão envolvidos num novo ensaio com o objectivo de prolongar o efeito dos anticorpos produzidos pela NicVAX, os quais, por enquanto, têm a duração de apenas um mês. O tratamento está a ser programado de forma a eliminar o efeito de dependência e evitar possíveis recaídas.
Fonte:NicVax/ABEAD(Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas)